skip to Main Content

O que visitar em Montevidéu

Se você procura informação útil sobre o que visitar em Montevidéu, compartilhamos 5 atrações imperdíveis da capital uruguaia: Palacio Salvo, Feria de Tristán Narvaja, Teatro Solís e Museo del Carnaval.

O que visitar em Montevidéu: 5 atrações imperdíveis da capital uruguaia

1) Palacio Salvo

O Palacio Salvo está localizado entre a Plaza Independencia e a Avenida 18 de Julio e foi construído pelo arquiteto italiano Mario Palanti, a pedido do empresário Ángel Salvo, que se baseou em sua criação anterior em Buenos Aires, o Palacio Barolo. Este icônico edifício Art Deco teve seu design inspirado na divina comédia de Dante.

Ao visitar a capital uruguaia, não deixe de fazer a visita guiada ao Palácio Salvo, em Montevidéu. Elas acontecem toda terça, quinta e sábado às 16 h.

  • O guia responsável é Daniel Elissalde.
  • Reservas no telefone 098456370 ou no Facebook na página Visitas Guiadas al Palacio Salvo
  • Duração: 90 minutos
  • Preço: UY$ 200 por pessoa
  • Ponto de encontro: Salão de entrada principal do prédio (Plaza Independencia 848). Chegar 10 minutos antes da visita.
  • O pagamento é feito no local, antes da visita.
  • Dica: não se esqueça de levar câmera.

2) Teatro Solís

É o principal palco da cena artística da cidade e um ícone da arte no Uruguai. Está localizado em frente à Plaza de la Independencia, a poucos passos do calçadão e vê-lo de longe enquanto caminha pelas ruas da Ciudad Vieja já causa um impacto.

Vale a pena dedicar um tempo à visita para assistir alguma peça ou show neste teatro cheio de história e arquitetura impressionante, onde passaram (e continuam a passar) um grande número de artistas nacionais e internacionais.

A programação é muito variada e para todos os bolsos. Além das apresentações de teatro e dança, atualmente também são organizados concertos, seminários, oficinas e exposições. O teatro é o centro das representações musicais e culturais da cidade de Montevidéu.

Se não quiser assistir uma peça ou concerto, o Teatro Solís oferece visitas guiadas em vários horários do dia. As visitas ao interior do teatro são um dos passeios imperdíveis em Montevidéu, mesmo que você tenha apenas um dia na cidade.

  • Horários
    • Terça e quinta: 16 h.
    • Quarta, sexta, sábado e domingo: 11 h, 12 h e 16 h.
    • Sábado: 11 h, 12 h, 13 h e 16 h.
    • Segunda: Fechado.
  • Atenção: As visitas estão sujeitas a modificações segundo a disponibilidade da sala e de guias para cada idioma.
  • Preço: UY$ 90
  • Dica: Quarta-feira as visitas são gratuitas.

3) Museo del Carnaval

O carnaval uruguaio é um festival popular de âmbito nacional e é considerado o mais longo do mundo, com aproximadamente 35 dias. É realizado todo ano entre meados de janeiro até o final de fevereiro e caracteriza-se pela combinação de tradições africanas e européias. Mesmo que o carnaval seja celebrado no verão, é possível vibrar com o ritmo dos tambores em qualquer época do ano, já que o candombe toca nas ruas e nos clubes da cidade enquanto as murgas (blocos de carnaval) ensaiam e se preparam para o grande evento. Essas manifestações e costumes culturais do Uruguai e sua importância na sociedade podem ser melhor compreendidas visitando o Museu del Carnaval de Montevidéu.

O Museo del Carnaval em Montevidéu possui diversas exposições permanentes para visitar:

História do Carnaval no Uruguai: exibe fotos e roupas dos últimos quarenta anos. Alguns objetos que se destacam são o tambor do “Tito” Pastrana, a cartola de “Cachela”, os calçados de “Pirulo” e um chapéu de “Palán-palán”.

Tablados antigos: consiste em seis modelos acompanhados de fotos e algumas histórias que recriam seis tablados dos anos 1935 e 1936.

Candombe: exibe um relato detalhado sobre a história do candombe acompanhado de uma série de objetos de alto valor histórico e simbólico.

  • Endereço: Rambla 25 de Agosto 1825 Nº 218 esq. Maciel. Ciudad Vieja.
  • Horário:
    • De abril a novembro: de quinta a domingo das 11 h às 17 h.
    • Dezembro a março: de segunda a domingo das 11 h às 17 h.
  • Visitas grupais: de segunda a sexta das 9 h às 19 h. (apenas com agendamento prévio).
  • Horário da loja do museu: mesmo horário de funcionamento do museu.
  • O museu está fechado nos dias 1 de janeiro, 1 de maio, 18 de julho, 25 de agosto, 24, 25 e 31 de dezembro.
  • Preços:
    • Ingresso Normal: UY$ 100 (pesos uruguaios).
    • Mercosul: UY$ 60 (pesos uruguaios).
    • Uruguai: UY$ 60 (pesos uruguaios).
    • 50% de desconto para uruguaios com o cartão RED BROU.
  • Dica: Menores de 12 anos: Grátis. São aceitos cartões de crédito internacionais tanto na recepção do Museu para a compra de ingressos quanto na Loja.

4) Feria Tristán Narvaja

Todos sabem que na feira Tristan Narvaja é possível encontrar uma enorme variedade de objetos e curiosidades. É importante estar predisposto a caminhar aguçando os cinco sentidos; na Feira Tristán Narvaja você pode observar, cheirar, tocar, saborear e ouvir. Os aromas se misturam: o cheiro de um livro antigo, a fragrância do incenso de lavanda e o aroma de frutas e legumes vendidos em bancas. Pode-se ouvir os velhos relógios quando alguém lhes dá corda e os antigos tangos que tocam nos toca-discos, despertando as lembranças dos visitantes.

Estar em um domingo em Montevidéu e não flanar pela Feira Tristan Narvaja é como não ter visitado a capital uruguaia. A maior e mais popular feira de rua tornou-se um dos típicos passeios da cidade e um clássico de domingo.

  • Horário: Todo domingo, das 9 h até as 16 h.
  • Endereço: Calle Tristán Narvaja esq. Av. 18 de Julio. Cordón. Montevidéu. Uruguai.

5) Ciudad Vieja

É um lugar para se perder nas ruas, tudo ali tem aroma de algo antigo e uma história para contar. É como fazer um passeio pelo passado. No centro histórico de Montevidéu encontramos edifícios coloniais, barrocos e clássicos de grande valor arquitetônico e patrimonial.

A Ciudad Vieja nos mostra a cultura de Montevidéu através de sua arte. A maioria das galerias e exposições estão concentradas na rua de pedestres Sarandí, é lá que artesãos de rua expõem sua arte ao ar livre.

É muito comum esbarrar em shows musicais nas ruas de paralelepípedos. Durante o dia funciona como um centro financeiro, e à noite torna-se ideal para tomar uma cerveja ou jantar em um de seus restaurantes.[:]